Netanyahu declara prontidão em retaliar qualquer país que ameace segurança de Israel

© AP Photo / Baz RatnerPrimeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, visita um posto militar durante uma visita ao Monte Hermon, nas Colinas de Golã (foro de arquivo)
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, visita um posto militar durante uma visita ao Monte Hermon, nas Colinas de Golã (foro de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta segunda-feira (21) que Israel está pronto para retaliar qualquer país que ameace a segurança do Estado judeu.

"Estamos combatendo o Irã e as forças sírias que apoiam a agressão iraniana. Quem tentar nos machucar, será machucado por nós. Quem ameaçar nos destruir, suportará toda a responsabilidade [de suas ameaças]", declarou Netanyahu na inauguração do Aeroporto Internacional Ramon.

"Nós não vamos ignorar esses atos agressivos, com Irã tentando se reforçar militarmente na Síria e declarando explicitamente que pretende destruir Israel", acrescentou Netanyahu.

Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na reunião semanal de gabinete em Jerusalém, 16 de setembro de 2018 - Sputnik Brasil
Netanyahu: Israel continuará se opondo à 'agressão' do Irã na Síria
Os militares israelenses afirmam que os ataques realizados na noite passada foram efetuados contra instalações militares iranianas na Síria e em resposta a um ataque contra as Colinas de Golã.

Na sua conta do Twitter as Forças de Defesa de Israel declararam que consideram Damasco responsável por tudo que está acontecendo no país árabe e advertiram para não alvejar Israel ou permitir que outros alvejem Israel do seu território.

Israel tem se posicionado contra a presença militar iraniana na Síria, preocupando-se com a possibilidade de Teerã alcançar uma maior influência na região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала