União Africana cancela envio de delegação ao Congo

© AFP 2022Felix Tshisekedi, presidente do Congo.
Felix Tshisekedi, presidente do Congo. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A União Africana adiou o envio de uma delegação à República Democrática do Congo em meio à crise criada pelas eleições presidenciais do país. A Corte Constitucional do Congo declarou Felix Tshisekedi como vencedor, disse uma porta-voz da União Africana neste domingo (20).

"Tudo o que posso confirmar neste momento é que a viagem foi adiada. Vamos divulgar uma declaração em breve", disse Ebba Kalando, porta-voz do chefe da Comissão da União Africana, Chadian Moussa Faki.

Em uma cúpula na quinta-feira, os líderes da UA citaram "sérias dúvidas" sobre os números das eleições e pediram que o anúncio dos resultados finais fosse adiado.

Presidenciável Martin Fayulu no Congo. - Sputnik Brasil
União Africana pede que Congo suspenda divulgação de resultados da eleição presidencial
A União Européia concordou com a avaliação da UA, disse uma porta-voz.

Mas as 16 nações da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral parabenizaram Felix Tshisekedi, um antigo líder da oposição, por ter sido declarado presidente eleito e pediu por uma transferência pacífica do poder.

A delegação do bloco africano estava prevista para chegar no Congo na segunda-feira (22).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала