300 pessoas são presas na França durante 10º fim de semana de protestos em todo o país

© Sputnik / Irina Kalashnikove / Abrir o banco de imagensPolícia francesa durante protesto dos coletes amarelos em Paris.
Polícia francesa durante protesto dos coletes amarelos em Paris. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cerca de 300 pessoas foram presas na França durante o décimo fim de semana consecutivo de protestos contra o governo, disse o secretário de Estado do Ministério do Interior da França, Laurent Nunez.

"Houve cerca de 300 detenções, o que obviamente é um grande número, mas isso está de acordo com a violência de algumas pessoas durante essas manifestações", disse Nunez, citado pela emissora BFMTV.

Cerca de 84.000 pessoas em toda a França participaram das manifestações. Em Paris, 7 mil participaram do ato, enquanto em Toulouse 10 mil pessoas saíram às ruas.

Modelo durante o desfile da Semana de Moda de Berlim - Sputnik Brasil
Melhores fotos da semana em que decorre 10ª rodada de protestos dos 'coletes amarelos'
A onda dos chamados "protestos de coletes amarelos" começou na França em meados de novembro como protesto ao aumento nos preços de diesel. O governo francês desmantelou a alta, mas as manifestações se transformaram em um movimento mais amplo contra o aumento dos custos de vida e a má administração do país.

Em dezembro, Macron introduziu uma série de medidas destinadas a resolver a crise econômica e social do país e declarou um estado de emergência econômica e social. As medidas propostas incluíam bônus anuais para funcionários e isenções do aumento do imposto de seguridade social para pensionistas que ganham menos de 2.000 euros por mês. As medidas se mostraram insuficientes para acalmar os manifestantes, com manifestações em toda a França todo fim de semana.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала