Oficial sênior: Governo alemão não tem premissa legal para interferir no Nord Stream 2

© Sputnik / Aksel Shmidt / Abrir o banco de imagensNord Stream 2, em construção no Mar Báltico.
Nord Stream 2, em construção no Mar Báltico. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No mês passado, um funcionário do governo alemão disse à Sputnik que a posição de Berlim sobre o projeto do gasoduto Nord Stream 2 permanece inalterada após a resolução do parlamento da UE, que condenou a construção do gasoduto.

O ministro alemão para Assuntos Econômicos e Energia da Alemanha, Peter Altmaier, disse no domingo que o governo alemão não tem nenhuma premissa legal para interferir na construção do gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2).

"A construção foi longe, quilômetros de tubulações foram colocados sob o mar [do Báltico]. O Governo Federal não vai intervir nesse processo porque não há base legal para isso", disse ele ao jornal Handelsblatt em uma entrevista no domingo.

Gasoduto Nord Stream na Alemanha - Sputnik Brasil
Alemanha estabelece condições para construir gasoduto Nord Stream 2
O Nord Stream 2 estipula a construção de dois gasodutos que vão da costa russa ao norte de São Petersburgo, através do Mar Báltico, até um centro no nordeste da Alemanha. O projeto é uma joint venture entre a russa Gazprom e a francesa Engie, a austríaca OMV AG, a holandesa Royal Dutch Shell e a alemã Uniper e Wintershall.

O gasoduto, que deve entrar em operação em 2019, tem como objetivo fornecer 55 bilhões de metros cúbicos de gás natural russo por ano à União Europeia, através do Mar Báltico, até a Alemanha.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала