Mulheres sauditas não precisarão mais da autorização masculina para procedimentos de parto

© AFP 2022 / FAYEZ NURELDINEMulheres sauditas a caminho de um festival cultural em Riad, capital da Arábia Saudita (foto de arquivo)
Mulheres sauditas a caminho de um festival cultural em Riad, capital da Arábia Saudita (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As mulheres grávidas na Arábia Saudita não serão mais obrigadas a obter permissão de homens responsáveis para se submeterem a procedimentos de parto, incluindo cesarianas, informou o The National.

A lei anterior exigia exigiam que as sauditas obtivessem uma permissão assinada de seus guardiões do sexo masculino em uma ampla gama de procedimentos de parto. Elas agora podem decidir de forma independente como querem dar a luz, de acordo com a publicação.

Mulheres de hijab encadeadas (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Mulheres sauditas pisam no véu islâmico hijab na web (FOTOS)
A partir de agora, mulheres também podem solicitar informações sobre seu estado de gravidez e a data prevista de nascimento sem a permissão de seus guardiões do sexo masculino, informou o jornal.

A decisão é parte de uma flexibilização das regras de gênero na Arábia Saudita. No ano passado, as mulheres sauditas foram oficialmente autorizadas a dirigir, a servir ao Exército do país e a participar de partidas de futebol em estádios dedicados ao esporte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала