Comitê de Investigação: não se deve confiar no que dizem terroristas sobre Magnitogorsk

© Sputnik / Serviço de imprensa do Ministério para Situações de Emergência da Rússia / Abrir o banco de imagensEscombros do prédio desabado na cidade russa de Magnitogorsk
Escombros do prédio desabado na cidade russa de Magnitogorsk - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Comitê de Investigação da Rússia apela à comunidade para não confiar nas mensagens das organizações terroristas que assumiram a responsabilidade pela explosão na cidade russa de Magnitogorsk.

De acordo com a porta-voz, Svetlana Petrenko, o Comitê de Investigação está estudando todas as versões possíveis da tragédia em Magnitogorsk, mas a explosão de gás doméstico continua sendo a principal. 

"Sublinho que nos fragmentos levados pelos especialistas e criminalistas do local do incidente não foram encontrados quaisquer vestígios dos explosivos ou de seus componentes", revelou a porta-voz.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, em visita a Magnitogorsk, onde um edifício residencial desabou parcialmente deixando ao menos 7 mortos. Uma explosão de gás foi a causa do acidente. - Sputnik Brasil
Putin presta condolências às famílias de vítimas do desabamento em Magnitogorsk
Segundo Petrenko, as causas exatas da explosão em um prédio residencial em Magnitogorsk só podem ser estabelecidas após uma investigação e análise escrupulosa das provas.

"Por isso apelo aos jornalistas para não confiarem nas mensagens das organizações terroristas, que, como se sabe, assumem a responsabilidade por todos os incidentes emblemáticos em diferentes países", declarou ela.

Em 31 de dezembro, uma explosão de gás causou o desabamento de parte de um prédio residencial na cidade russa de Magnitogorsk. Dos escombros foram removidos 39 corpos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала