National Interest: militares americanos subestimam capacidades do míssil russo Avangard

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensLançamento do novíssimo míssil russo Avangard
Lançamento do novíssimo míssil russo Avangard - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo o especialista David Axe, da revista The National Interest, o sistema hipersônico russo Avangard não pode ser interceptado por nenhum sistema de defesa antimíssil dos EUA, revela o analista militar David Axe.

"Nenhum dos sistemas existentes de defesa antiaérea dos EUA pode atingir um veículo que se move tão depressa a uma altitude relativamente tão baixa para uma arma estratégica”, escreveu Axe em seu artigo na revista estadunidense The National Interest.

Segundo o comentarista, alguns dos analistas norte-americanos subestimam as armas hipersônicas russas.

O especialista em armas nucleares Ted Postol, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA), opinou que a liderança política e militar norte-americana é muito "politizada" e está 'fora da realidade" no que se refere aos problemas da defesa antimíssil de tal forma que poderiam "realmente pensar que conseguiriam se livrar de boa ao atacar as forças nucleares da Rússia". Isso testemunha que os militares americanos são sabem nada sobre as capacidades das armas russas, especialmente sobre o Avangard.

O comandante da Força Estratégica de Mísseis da Rússia, coronel-general Sergei Karakaev, disse que a divisão Dombarovskaya está prestes a se tornar a primeira na Rússia a ser armada com os novos sistemas de mísseis hipersônicos Avangard. A produção em série do novo míssil foi iniciada em julho de 2018.

Exercícios da OTAN no Mar Negro - Sputnik Brasil
OTAN aumenta presença das armas estratégicas perto das fronteiras russas, diz almirante
O sistema de mísseis Avangard está entre as armas cuja criação foi anunciada pelo presidente russo Vladimir Putin, em março de 2018, durante seu discurso anual perante a Assembleia Federal.

O míssil é capaz de voar nas camadas densas da atmosfera com alcance intercontinental, enquanto sua velocidade é 20 vezes maior que a do som.

A Auditoria-Geral dos EUA estimou que Washington ainda não tem uma defesa antimíssil para se defender de armas hipersônicas, nomeadamente das russas. Segundo os especialistas, os EUA levariam pelo menos cinco anos para alcançar a Rússia nesse campo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала