'Você f***u com tudo': Trump ataca o próprio chefe de Gabinete durante negociações do muro

© REUTERS / Carlos BarriaMick Mulvaney testemunha no Senado.
Mick Mulvaney testemunha no Senado. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, atacou o chefe de Gabinete interino, Mick Mulvaney, diante de líderes congressistas Republicanos e Democratas durante uma reunião sobre a paralisação parcial do governo, informou a Axios.

A reunião teria ocorrido no último dia 4. Trump exigia US$ 5,7 bilhões para construir seu muro na fronteira EUA-México para conter o fluxo de imigrantes ilegais. Quando Democratas ofereciam US$ 1,3 bilhão, Mulvaney entrou em cena para dizer que os dois lados deveriam ceder em alguns pontos.

"Trump o interrompeu dizendo 'Você acabou de f***r tudo, Mick'”, afirmou a fonte da Axios, citando a humilhação pública à qual Mulvaney foi submetido.

Dólar - Sputnik Brasil
Maior paralisação da história do governo dos EUA pode custar mais que muro fronteiriço
Outra fonte confirmou o diálogo, acrescentando que Trump parecia estar irritado com o estilo de negociação de Mulvaney. "Mick não estava interpretando [o comportamento] da sala nem do presidente”.

A Axios citou ainda um funcionário da Casa Branca que estava presente na reunião. Segundo esta pessoa, "o presidente e Mulvaney brincaram sobre isso depois" e que "este é um relato exagerado da conversa que não reflete a boa relação que Mulvaney construiu nos últimos dois anos com o presidente".

Mulvaney aceitou a posição depois que Trump anunciou no início de dezembro que seu chefe de Gabinete, o general John Kelly, renunciaria no final do ano de 2018.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала