Chile condena detenção de líder parlamentar opositor na Venezuela

© AFP 2022 / Yamil LageHeraldo Muñoz, chanceler do Chile
Heraldo Muñoz, chanceler do Chile - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo do Chile criticou a Venezuela após o líder parlamentar da oposição, Juan Guaido, ter sido brevemente detido em uma estrada na região da capital Caracas.

"O governo do Chile condena em fortes termos a prisão nesta manhã por mais de uma hora do presidente da Assembleia Nacional", disse o Ministério das Relações Exteriores do Chile através de um comunicado.

Juan Guaido, líder da oposição na Venezuela. - Sputnik Brasil
Opositor de Maduro, líder da Assembleia Nacional é solto após breve detenção na Venezuela
O Chile foi um dos países do Grupo de Lima que se recusou a reconhecer a reeleição, em maio, do presidente venezuelano Nicolás Maduro.

Maduro tomou posse de seu segundo mandato como presidente da Venezuela na quinta-feira (10).

Em resposta à posse de Maduro, Juan Guaido, o líder da Assembleia Nacional venezuelana, controlada pela oposição, se declarou "presidente interino" no país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала