Peru avalia romper relações diplomáticas com a Venezuela

Nos siga noTelegram
O Peru está considerando quebrar relações diplomáticas com a Venezuela depois que o presidente Nicolás Maduro iniciou um novo mandato, disse o ministro das Relações Exteriores, Néstor Popolizio.

"(Quebrar relações) é um elemento que está sendo avaliado, vamos avaliar a evolução da situação política na Venezuela, de um regime que o Peru considera uma ditadura", disse Popolizio à imprensa durante evento na sede do governo. Comunidade Andina.

Nicolás Maduro, presidente de Venezuela, asume su segundo mandato - Sputnik Brasil
Rússia reitera o seu firme compromisso de cooperar com a Venezuela
O chanceler disse que em 11 de janeiro se encontrará com o encarregado de negócios da Embaixada do Peru na Venezuela para avaliar a situação do país caribenho.

Por outro lado, Popolizio salientou que a Organização dos Estados Americanos (OEA) adotou a mesma posição do Grupo Lima de não reconhecer a legitimidade do governo de Maduro.

"Aqui há uma coincidência de natureza internacional para continuar exercendo pressão, não apenas com declarações, mas com medidas concretas que afetam o regime de Nicolás Maduro", disse o ministro das Relações Exteriores.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала