Fórum Econômico Mundial terá protestos contra Bolsonaro e Trump

© AP Photo / Evan VucciDonald Trump no Fórum Econômico Mundial.
Donald Trump no Fórum Econômico Mundial. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Autoridades em Davos autorizaram o protesto de um grupo de jovens socialistas contra o presidente dos EUA, Donald Trump, e o mandatário brasileiro Jair Bolsonaro (PSL) durante o Fórum Econômico Mundial, na Suíça.

Julia Baumgartner, secretária-geral dos Jovens Socialistas da Suíça, disse nesta quinta-feira (10) que seu grupo estava "muito animado" com a ocasião. 

Ela afirmou que espera não mais do que 150 a 200 pessoas porque a manifestação será em um dia da semana, quando as pessoas estão no trabalho e na escola. O protesto é para mostrar oposição a Trump, o brasileiro Jair Bolsonaro e as elites ricas reunidas em Davos, disse ela.

Uma manifestação similar foi proibida em 2018 por conta de fortes nevascas — segundo a organização.

Soldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018 - Sputnik Brasil
Trump está preparado para novas ações militares na Síria, diz secretário de Estado
O protesto acontecerá no dia 24 de janeiro e as autoridades afirmaram que a população tem direito ao protesto pacífico e à liberdade de expressão. No entanto, foi ressaltado que a autorização pode ser cancelada caso haja alteração no esquema de segurança ou piora das condições climáticas. 

A segurança é pesada durante o evento anual, que acontece de 22 a 25 de janeiro.

A presença em Davos provavelmente será a primeira viagem internacional de Bolsonaro. 

Não está claro se a paralisação parcial do governo dos EUA sobre um impasse sobre o financiamento para o muro proposto por Trump vai complicar sua viagem a Davos. No ano passado, uma breve paralisação do governo ameaçou atrapalhar sua viagem a Davos também, mas ele participou e fez declarações afirmando que sua agenda de "América Primeiro" pode andar de mãos dadas com a cooperação global.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала