Anistia Internacional volta a pedir investigação transnacional sobre morte de Khashoggi

Nos siga noTelegram
A Anistia Internacional voltou a pedir uma investigação internacional sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi - um crime que implicou membros da equipe da família real da Arábia Saudita.

A ONG fez o pedido o pedido nas proximidades do consulado saudita em Instanbul nesta quinta-feira (10), quando o assassinato do colunista do Washington Post completa 100 dias. Ele foi assassinado e possivelmente desmembrado dentro das instalações do consulado. 

Sistemas de defesa antimíssil S-400 russos (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Turquia diz que não concordará em abdicar dos S-400 como condição de entrega dos Patriot
Ativistas colocaram uma placa de rua simbólica com o nome de Khashoggi.

A Arábia Saudita indiciou 11 pessoas pelo assassinato e anunciou na semana passada que cinco dos suspeitos poderão ser condenados à morte. 

A Turquia pediu a extradição dos suspeitos e também disse que pode buscar uma investigação internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала