Presidente mexicano rechaça discutir muro de Trump

© REUTERS / Mike Blake Agente da patrulha de fronteira dos EUA perto do limite entre Tijuana (México) e San Ysidro (Califórnia)
Agente da patrulha de fronteira dos EUA perto do limite entre Tijuana (México) e San Ysidro (Califórnia) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, declarou nesta quarta-feira (9) que se recusa a se envolver na discussão sobre a intenção do presidente dos EUA, Donald Trump, de construir um muro na fronteira com o México.

A declaração do líder mexicano acontece depois que na última segunda-feira (8), o vice-presidente Mike Pence disse à CBS News que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda estava considerando a opção de declarar uma emergência nacional para financiar um muro na fronteira com o México.

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante visita às tropas norte-americanas no Iraque. - Sputnik Brasil
Em discurso na televisão, Trump pede US$ 5,7 bilhões para construção de muro na fronteira
O presidente mexicano disse nesta quarta-feira que não participará das conversações sobre o muro do presidente Donald Trump, chamando a questão de "um assunto político interno dos EUA".

Em discurso transmitido na televisão na última terça-feira, Donald Trump pediu ao Congresso US$ 5,7 bilhões este ano para ajudar a construir um muro na fronteira dos EUA com o México, mas não chegou a declarar uma emergência nacional para pagar pela obra com fundos militares.

Os democratas acreditam que o gasto mais de US$ 5 bilhões para a construção do muro seria um desperdício do dinheiro dos contribuintes norte-americanos. Além disso, eles citaram a promessa repetida do presidente de que o México cobriria as despesas do muro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала