Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Águas-vivas extremamente mortais atacam milhares de australianos (FOTOS)

© Foto / Charlotte LawsonPraias no estado de Queensland, Austrália (foto de arquivo)
Praias no estado de Queensland, Austrália (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ne semana passada, mais de 13.000 pessoas foram picadas por águas-vivas nas praias no estado australiano de Queensland, de acordo com a mídia local.

Os moradores do litoral nordeste foram atingidos principalmente por caravelas-portuguesas ("Physalia physalis", espécie aquática da família das medusas). Os seus tentáculos podem atingir 30 metros de comprimento e o seu veneno é muito perigoso.

Só desde o primeiro de dezembro até sete de janeiro, mais de 22.200 mil pessoas procuraram assistência médica por serem picadas por esta espécie, segundo o canal australiano SBS.

​​Além disso, 22 pessoas foram levadas para o hospital depois de serem picadas por águas-vivas Irukandji, acrescentou o canal.

​Citando o Serviço australiano de Consultas sobre Picaduras de Águas-Vivas, o canal comunicou que o número de vítimas dessa medusa supera mais de duas vezes a média de dez anos.

​A água-viva Irukandji é uma espécie pouca estudada. O corpo da medusa é pequeno, do tamanho de um amendoim, mas seus tentáculos podem atingir um metro de comprimento. O contato com a água-viva provoca fortes dores por todo o corpo, náuseas, febre e transtornos mentais. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала