Presidente de Taiwan defende democracia e aprofunda disputa com a China

© AP Photo / Chiang Ying-yingPresidente de Taiwan Tsai Ing-wen (foto de arquivo)
Presidente de Taiwan Tsai Ing-wen (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, prometeu neste sábado (5) defender a democracia e o estilo de vida da ilha autogovernada, em meio a uma tensão com a gigante China - que ameaça impor suas regras a Taiwan por meio da força.

Os comentários de Tsai vieram dias depois que o presidente chinês, Xi Jinping, disse que ninguém poderia mudar o fato de que Taiwan era parte da China, e que pessoas de ambos os lados do Estreito de Taiwan deveriam buscar a "reunificação".

Caça Su-30 do Exército Popular de Libertação da China (à direita) voando perto do bombardeiro H-6K durante manobras no mar da China Oriental - Sputnik Brasil
Bombardeiros da Força Aérea chinesa realizam manobras nas proximidades de Taiwan
Em resposta, Tsai disse que a ilha não aceitaria um acordo político do tipo "um país, dois sistemas" com a China. Ela também ressaltou que o diálogo entre Pequim e Taiwan deve ser feito entre os dois governos.

Também neste sábado, Xi afirmou em reunião que as Forças Armadas da China precisam fortalecer seu senso de urgência e estarem preparadas para a batalha. 

"O mundo está enfrentando um período de grandes mudanças nunca vistas em um século, e a China ainda está em um período importante de oportunidade estratégica para o desenvolvimento", afirmou o mandatário chinês segundo a agência Xinhua.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала