Galeria de arte italiana pede retorno de obra de arte roubada por nazistas

© REUTERS / Pawel UlatowskiFoto da placa "Arbeit macht frei" (Trabalho te torna livre) no portão principal do antigo campo de concentração e extermínio nazista alemão Auschwitz.
Foto da placa Arbeit macht frei (Trabalho te torna livre) no portão principal do antigo campo de concentração e extermínio nazista alemão Auschwitz. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O diretor da Galeria Uffizi, em Florença, está pedindo à Alemanha que devolva uma obra-prima holandesa roubada pelas tropas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Eike Schmidt disse em um apelo de Ano Novo que a natureza morta "Vase of Flowers", do artista holandês Jan van Huysum, está nas mãos de uma família alemã que não a devolveu apesar dos numerosos apelos. Em vez disso, os intermediários da família exigiram pagamento pelo retorno. 

Adolf Hitler, líder da Alemanha nazista, se endereçando a grupos de jovens fascistas em Nuremberg, 11 de setembro de 1937 - Sputnik Brasil
Ex-guarda de campo nazista nega que soubesse de assassinatos no local
Schmidt disse que "a pintura já é a propriedade inalienável do Estado italiano e, portanto, não pode ser 'comprada'".

O óleo sobre tela estava pendurado como parte da coleção do Palácio Pitti em Florença de 1824 até a eclosão da Segunda Guerra Mundial. Ele foi movido para uma área de segurança durante a guerra, depois roubado durante a retirada das tropas alemãs.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала