Senador dos EUA à CNN: 'Trump está reavaliando retirada de tropas da Síria'

CC0 / Sargento Jacob Connor / 5º Grupo de Forças Especiais (Airborne)Membros das Forças Especiais dos EUA realizando treinamento durante operações contra grupo Daesh no sul da Síria
Membros das Forças Especiais dos EUA realizando treinamento durante operações contra grupo Daesh no sul da Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Trump está reavaliando a retirada total das tropas dos EUA na Síria, disse à CNN o senador republicano Lindsey Graham. De acordo com o congressista, o presidente estaria ponderando as análises de inteligência que avaliam possível recuperação do Daesh (grupo terrorista denominado Estado Islâmico) após a saída de militares americanos.

Anunciada no início deste mês, a decisão de Trump em sair abruptamente da Síria foi o estopim que culminou com a renúncia do então secretário de Defesa, James Mattis e do enviado dos EUA à coalizão, Brett McGurk.

General James Terry diz que os Estados Unidos lamentam por mortes não-intencionais provocadas por ataques norte-americanos na Síria - Sputnik Brasil
Coalizão liderada pelos EUA matou mais de 1.100 civis na Síria e no Iraque desde 2014
O movimento também irritou aliados dos EUA que fazem parte da Coalizão Internacional na Síria. Alemanha, França e Reino Unido foram alguns dos países a se manifestarem de forma contrária Trump.

"O presidente está reconsiderando como faremos isso", disse Graham na CNN. O senador disse ainda que a retirada foi avaliada junto ao general da Marinha e chefe do Estado-Maior Conjunto, Joe Dunford. "Vou pedir a ele que se sente com seus generais e reconsidere como fazer isso", completou.

Procurada pela emissora, o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca não quis comentar a afirmação do senador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала