Interpol procura ex-guerrilheiro chileno nos Estados Unidos

Nos siga noTelegram
A Interpol está investigando indícios que apontam que o ex-guerrilheiro chileno Pablo Muñoz, fugitivo da justiça, estaria morando nos Estados Unidos, disseram autoridades nesta sexta-feira (28).

O chefe da Interpol no Chile, Ricardo Quiroz, disse entrevista coletiva ter recebido uma "informação que até o momento não é oficia" de que Muñoz estaria nos EUA.

O membro da Interpol disse que as informações são apenas preliminares e que ainda não foi confirmada. 

"Atualmente eles estão analisando impressões digitais e todas as informações necessárias para a correta identificação dessa pessoa", disse ele.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet - Sputnik Brasil
Supremo do Chile revoga liberdade condicional de militar que torturou pai de Bachelet
Muñoz pertencia ao grupo armado Frente Patriótica Manuel Rodríguez, que lutou nos anos 80 contra a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

Em 1991, ele foi condenado pelo assassinato de um coronel do Exército e por uma tentativa de ataque contra um general e ficou detido em Santiago. 

Em dezembro de 1996, Muñoz e três outros guerrilheiros escaparam da prisão em um helicóptero — e nenhum deles foi capturado. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала