Garota egípcia recebe pena de 3 anos por dar prazer a macaco na web

Nos siga noTelegram
Uma egípcia, de 25 anos, foi detida logo após publicação de vídeo, que se tornou viral, em que ela satisfaz sexualmente um macaco em uma loja de animais no Egito. Investigadores afirmaram que o vídeo promoveu estranhamente a jovem, que jura que não passou de uma brincadeira sem malícia.

A garota, chamada de Basma Ahmed ou Nesma, foi presa por três anos pela corte da cidade egípcia de Mançura por assediar um macaco não muito tempo atrás, reportou o jornal Al-Ahram.

Urso (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Urso de estimação devora caçador, deixando apenas 'restos de esqueleto' na Rússia
A justiça a culpou por ato de "imoralidade em público" e "depravação", através da publicação de um vídeo da garota com um macaco que se tornou viral em outubro.

O vídeo, que teria sido filmado por um amigo da garota em uma loja de animais em Mançura, mostra a jovem acariciando genitália do macaco, excitando o animal e rindo. Assim que o vídeo foi publicado, policiais identificaram e prenderam a garota que confessou o ato, afirmando que tudo não passou de uma brincadeira sem malícia.

Segundo jornal Egypt Independent, a jovem insistiu que foi tudo uma brincadeira espontânea durante passeio: ela viu o macaco e começou a acariciá-lo, surpreendendo-se por ter conseguido excitá-lo.

De acordo com a jovem, seu amigo publicou o vídeo sem avisá-la. Porém, de acordo com a mídia, a investigação revelou que Ahmed já tinha passagem pela polícia com acusações de prostituição e estaria apenas tentando se promover com o vídeo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала