Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Uber perde processo trabalhista no Reino Unido

Nos siga no
O aplicativo Uber perdeu um recurso apresentado contra uma decisão judicial que classificou seus motoristas como trabalhadores no Reino Unido. O episódio pode trazer grandes implicações para a gigante de tecnologia.

O escritório de advocacia Leigh Day disse que o Tribunal de Apelação da Grã-Bretanha confirmou uma decisão anterior, segundo a qual os motoristas da empresa são trabalhadores, não contratados independentes e, portanto, devem receber o salário mínimo e férias pagas. Espera-se que o Uber recorra.

Soldados da 7ª Brigada Blindada Britânica que retornaram do serviço em operações no Iraque marcham em frente ao Big Ben em Londres (Arquivo) - Sputnik Brasil
Milhares de tropas britânicas estão de prontidão em caso de Brexit sem acordo
Embora a empresa tenha argumentado que o caso se aplica a apenas dois motoristas, o aplicativo Uber tem dezenas de milhares de motoristas no Reino Unido que poderão pedir os mesmos benefícios. O tribunal diz que cerca de 40 mil motoristas usam a plataforma no Reino Unido.

Com sede em San Francisco, o Uber expandiu-se rapidamente em todo o mundo, oferecendo uma alternativa aos táxis tradicionais por meio de um aplicativo de smartphone que conecta pessoas que precisam de passeios com motoristas de carros particulares. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала