Meditação fatal: leopardo despedaça monge na Índia

Nos siga noTelegram
Um monge budista, Rahul Valke, morreu na sequência do ataque de um leopardo selvagem quando meditava na floresta de Ramdegi, no estado indiano de Maharashtra, informou o jornal Times of India na quinta-feira (13), referindo-se às autoridades locais.

Segundo informou um representante da administração local, o acidente aconteceu no lugar favorito do monge — sob uma das árvores no meio da floresta, onde fica um famoso templo budista.

A floresta, como observa o jornal Times of India, está cheia de animais selvagens — sobre os quais o monge fora avisado muitas vezes. Apesar disso, o monge estabeleceu-se em Ramdega e, minimizando o contato com o mundo exterior, dedicou-se à prática espiritual.

Elefante (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Elefante sai destruindo tudo na Índia deixando pessoas no telhado e parando trens (VÍDEO)
Testemunhas dizem que várias vezes os irmãos da fé lhe traziam comida. O monge viveu na floresta durante um mês, mas a sua presença não escapou à atenção de outros habitantes da floresta menos amistosos.

A publicação informa que, na segunda-feira (11), quando ele estava meditando sozinho sob sua árvore favorita, um leopardo atacou-o. Ainda não foi estabelecido o que exatamente provocou a agressão do leopardo selvagem. As feridas no corpo do homem foram fatais. A vítima foi encontrada apenas no dia seguinte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала