Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Moscou adverte que Kiev está preparando ofensiva militar na linha de contato em Donbass

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaMilitares ucranianos em veículos blindados
Militares ucranianos em veículos blindados - Sputnik Brasil
Nos siga no
De acordo com Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, a Ucrânia está preparando ofensiva contra milícias na zona de Mariupol, no sul da província de Donetsk, e poderia aproveitá-la para prolongar a lei marcial e cancelar as eleições presidenciais no país.

"Segundo informação que temos, Kiev paneja realizar uma provocação armada na linha de contato [em Donbass] para depois, aproveitando-se da lei marcial que abarca as províncias de Donetsk e Lugansk, lançar uma ofensiva energética na zona de Mariupol para se apoderar dos territórios na costa do mar de Azov, controlados por Donetsk, e avançar até a fronteira com a Rússia", declarou Maria Zakharova.

Presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, na Conferência de Segurança em Munique, Alemanha, 17 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
Lei marcial gera custo de US$ 125 milhões ao Banco Nacional da Ucrânia
"Uma escalada acentuada é necessária para o presidente da Ucrânia, [Pyotr] Poroshenko, sendo ela tão necessária como ar, para tentar interromper a queda constante de sua popularidade às vésperas das eleições", reforçou a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, acrescentando que um agravamento no leste do país seria pretexto "para prolongamento da lei marcial e até mesmo para cancelamento das eleições presidenciais".

Vale ressaltar que, no dia 26 de novembro, o parlamento ucraniano apoiou a iniciativa do presidente ucraniano Pyotr Poroshenko de impor a lei marcial em 10 regiões do leste do país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала