Região russa poderá adotar cotas para emissão de poluentes

CC0 / Pixabay / Poluição do ar
Poluição do ar - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Oblast de Tcheliabinsk, onde serão realizadas as cúpulas da Organização para Cooperação de Xangai (OCX) e dos BRICS de 2020 pode realizar um experimento de adotar cotas para emissão de poluentes, disse o conselheiro do presidente da Rússia, Anton Kobyakov.

A situação do meio ambiente e o bem-estar do Oblast de Tcheliabinsk foram discutidas em uma reunião do comitê organizador da presidência russa na OCX e no BRICS. 

Uma mulher de máscara para a proteção contra a poluição do ar anda em uma ponteem Beijing enquanto a capital de China é encoberta pela fumaça pesada na terça-feira, dezembro 20, 2016 - Sputnik Brasil
Poluição mata mais que guerras, desastres naturais e fome
"A realização de eventos internacionais globais na Rússia apresenta desafios relacionados a problemas de escala ainda maior. Oblast de Tcheliabinsk é uma das regiões com problemas relacionados à qualidade do ar. Justamente por isso considero necessário considerar esta uma região experimental para adotar cotas de emissão de poluentes na atmosfera. Tenho certeza de que as medidas conjuntas, bem como os esforços consolidados dos órgãos federais de controle, e das autoridades regionais e locais, possibilitarão em mais breve tempo melhorar de modo considerável a qualidade do meio ambiente na região", disse Kobyakov. 

O governador do Oblast de Theliabinsk, Boris Dubrovskiy, por outro lado, destacou que a região está seguindo o planejamento para a organização das cúpulas, e algumas obras inclusive estariam adiantadas.

"Em curto prazo precisamos solucionar desafios relacionados à manutenção, meio ambiente, condição das estradas urbanas e modernização do sistema público de transportes, ao converter os veículos para combustível de gás, e criando as devidas infraestruturas. Em geral, em todos os setores dos preparativos os trabalhos estão sendo realizados segundo o planejado. Onde isso é possível, trabalhamos para nos adiantar", destacou Dubrovskiy.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала