Seul e Pyongyang verificam eliminação de postos de observação em zona desmilitarizada

© AFP 2022 / SAUL LOEB Bandeira da Coreia do Norte na zona desmilitarizada
Bandeira da Coreia do Norte na zona desmilitarizada - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares das duas Coreias iniciaram o trabalho de inspeção do desmantelamento dos postos de observação na zona desmilitarizada entre os dois países. A informação foi divulgda pelo Ministério da Defesa sul-coreano.

"Hoje, em 12 de dezembro, os militares do Norte e do Sul iniciaram uma inspeção mútua no local da retirada probatória e eliminação de 11 postos de observação, como prevê o acordo sobre as questões militares de 19 de setembro", diz o comunicado do ministério.

Presidente sul-coreano Moon Jae-in e líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante cerimônia de boas-vindas no Aeroporto Internacional Sunn em Pyongyang, na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Kim Jong-un espera visitar Coreia do Sul até o fim do ano
Foi destacado que na primeira metade do dia os militares sul-coreanos realizarão uma inspeção no território da Coreia do Norte e na parte da tarde os militares norte-coreanos verificarão a eliminação dos postos do lado da Coreia do Sul.

Durante a inspeção, as partes devem confirmar que Seul e Pyongyang retiraram todas as armas, equipamentos e militares da zona desmilitarizada, bem como destruíram postos de observação, túneis subterrâneos e cercas de arame farpado.

Os representantes dos Ministérios da Defesa de duas Coreias concordaram em 19 de setembro na cúpula inter-coreana em Pyongyang em desmantelar os postos de guarda na zona desmilitarizada até o final de novembro.

Cada parte deve eliminar 11 postos, sendo que existem cerca de 60 deles no lado sul e cerca de 160 no lado norte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала