China finaliza construção do 1º navio capaz de operar no inverno do Ártico (FOTO)

© flickr.com / NOAA Photo LibraryDrones russos serão usados no Ártico ao longo da Rota do Mar do Norte
Drones russos serão usados no Ártico ao longo da Rota do Mar do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
China finalizou a construção de seu primeiro navio-cisterna para transporte de gás natural liquefeito capaz de navegar pelo Ártico em qualquer estação do ano.

O navio da classe Arc7 recebeu o nome Boris Sokolov. Ele é capaz de realizar operações a temperaturas abaixo de —50°C e possui uma carga útil de 44.500 toneladas. Além disso, o navio deverá ser entregue à empresa grega Dynacom e provavelmente será utilizado como meio de transporte do projeto Yamal GNL.

​Boris Sokolov, o primeiro navio-cisterna quebra-gelo do mundo, foi lançado em Guangzhou nesta terça-feira. Ele participará do projeto GNL.

O Boris Sokolov é o único navio capaz de realizar operações a baixas temperaturas. Anteriormente, os navios-cisterna eram capazes de transportar gás natural liquefeito para o Ártico apenas no verão, segundo a publicação do China Daily.

Ártico - Sputnik Brasil
Especialista: ninguém tem experiência como a Rússia no Ártico
Além das capacidades citadas anteriormente, o navio também pode romper camadas de gelo de até 1,8 metro e manter uma velocidade de dois nós. O comprimento do navio é de 214 metros, largura de 24 metros e velocidade de 13 nós.

O projeto Yamal GNL iniciou as operações em dezembro passado, enviando milhões de toneladas do combustível liquefeito. A produtora de gás russa Novatek possui planos para uma linha adicional capaz de produzir um milhão de toneladas de GNL por ano.

Além da Novatek, a Yamal GNL conta com a francesa Total, a chinesa CNPC e a Silk Road Fund.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала