Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ucrânia convoca reservistas para treinamentos por 20 dias

CC BY 2.0 / Exército dos EUA / Fuzileiros navais dos EUA chegaram à Ucrânia para participar do treinamento das forças armadas
Fuzileiros navais dos EUA chegaram à Ucrânia para participar do treinamento das forças armadas - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ucranianos aptos a servirem as Forças Armadas do país já estão sendo convocados para treinamentos, informou o serviço de imprensa do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia em sua página oficial do Facebook.

"Os treinamentos […] dos militares da reserva operacional de primeira categoria em unidades de combate continuarão por 20 dias", informa o comunicado.

Planeja-se também realizar treinamentos de 10 dias nos polígonos das regiões ucranianas de Kherson e Zaporozhie.

Militares russos lançam fogo da peça de artilharia autopropulsada 2S5 Giatsint durante os exercícios (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
NI: Rússia pode ter encontrado nova maneira de destruir 'grandes canhões' inimigos
"Ressaltamos que todos esses eventos estão sendo planejados de modo que os reservistas tenham a oportunidade de retornar aos seus lares antes do Natal católico para passá-lo com as famílias", acrescentou o Estado-Maior.

Na Ucrânia, as convocações de reservistas começaram devido à lei marcial introduzida em 10 regiões do país por 30 dias logo depois do incidente no estreito de Kerch. A lei limita temporariamente as liberdades e direitos constitucionais dos cidadãos, incluindo o direito de voto e de liberdade de expressão.

Em 25 de novembro, três navios ucranianos violaram a fronteira russa entrando nas águas territoriais do país e realizando manobras perigosas. Como as embarcações ucranianas ignoraram os avisos das autoridades russas, a guarda fronteiriça deteve os navios com 24 tripulantes a bordo. O tribunal abriu um processo criminal contra os marinheiros.

Moscou qualificou o incidente como uma provocação que é explicada pela baixa popularidade do presidente Pyotr Poroshenko nas vésperas das eleições presidenciais.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала