Protestos em Paris causam 10 feridos e 60 detidos (FOTOS, VÍDEO)

© SputnikProtestos do movimento "coletes amarelos" em Paris, em 1 de dezembro
Protestos do movimento coletes amarelos em Paris, em 1 de dezembro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Milhares de manifestantes do movimento "coletes amarelos" protestam este sábado (1) na capital francesa, tendo já dado origem a vários incidentes nos Campos Elísios, em Paris. 65 pessoas ficaram feridas e mais de 107 foram detidas, comunicou o canal BFMTV.

As pessoas vestidas com coletes amarelos começaram a se reunir nos Campos Elísios de manhã cedo, mesmo antes do começo da manifestação, planejada para as 14h00 (09h00 em Brasília), informou o canal.

Comunica-se que o número de detidos atingiu 107. 65 pessoas ficaram feridas, inclusive 11 policiais. O correspondente do RT France Lucas Léger ficou ferido no decorrer da transmissão ao vivo nos Campos Elísios.

Sete estações de metro estão fechadas por causa dos protestos. A segurança da manifestação é assegurada por mais de seis mil policiais e gendarmes.

© SputnikManifestação do movimento "coletes amarelos" em Paris, em 1 de dezembro
Protestos em Paris causam 10 feridos e 60 detidos (FOTOS, VÍDEO) - Sputnik Brasil
Manifestação do movimento "coletes amarelos" em Paris, em 1 de dezembro

© SputnikManifestação dos "coletes amarelos" em Paris, em 1 de dezembro
Protestos em Paris causam 10 feridos e 60 detidos (FOTOS, VÍDEO) - Sputnik Brasil
Manifestação dos "coletes amarelos" em Paris, em 1 de dezembro

Já tiveram lugar vários incidentes entre os policiais e manifestantes que tentaram capturar o ponto de controle na entrada da zona de protestos. Duas pessoas foram presas por transportar armas proibidas, segundo uma fonte policial. As forças de segurança usaram gás lacrimogéneo e jatos de água.

Manifestações de massa contra o aumento dos preços dos combustíveis ocorrem na França desde 17 de novembro, quando, de acordo com o Ministério do Interior da França, mais de 287 mil pessoas foram às ruas.

O preço do diesel na França subiu cerca de 23% este ano, enquanto o preço da gasolina subiu 15%. A expectativa é de que os preços subam ainda mais a partir de janeiro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала