Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Como Argentina usa cúpula do G20 para mostrar seu potencial (FOTOS, VÍDEO)

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensLíderes mundiais posam para foto durante cúpula do G20 em Buenos Aires, Argentina, em 30 de novembro de 2018
Líderes mundiais posam para foto durante cúpula do G20 em Buenos Aires, Argentina, em 30 de novembro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Embora os líderes mundiais que participaram da cúpula do G20 em Buenos Aires possam ter opiniões divergentes sobre seu resultado, o país anfitrião certamente fez o melhor para que todos se sentissem em casa.

Independente das negociações políticas, a Argentina conseguiu com sucesso se promover globalmente.

Aeronave da Marinha dos EUA, P-8A Poseidon, produzida pela Boeing - Sputnik Brasil
Primeiros aviões militares pousam na Argentina para G20 (VÍDEO, FOTOS)
A avenida do histórico bairro de Recoleta que leva ao centro de mídia do G20, em Buenos Aires, foi fechada e apenas jornalistas e pedestres podem passar, segundo colunista da Sputnik Denis Bolotsky.

A população aparentemente se mostra receptiva ao rígido controle policial e às medidas restritivas.

Neste ano, os jornalistas trouxeram equipamentos de proteção para possíveis manifestações, devido aos violentos confrontos do ano passado na cúpula do G20 em Hamburgo (Alemanha), mas, felizmente, não foi necessário usá-los.

A atmosfera no centro de mídia do G20 era tão relaxante quanto o clima nas ruas da capital argentina. Os jornalistas tiveram até mesmo a chance de saborear iguarias locais e vinhos excelentes.

​Agentes da lei bloquearam rodovias e ruas em torno dos locais da cúpula com barreiras metálicas. Medidas de segurança rígidas estão em vigor em Buenos Aires para evitar incidentes

Foram investidos milhões de dólares pelas autoridades argentinas na segurança da conferência, além de promoverem produtos locais, destinos turísticos e oportunidades de investimento.

​As autoridades prepararam-se para o pior para combater protestos violentos durante a cúpula, mas, como se viu, os comícios foram pacíficos, com ativistas anti-G20 se expressando através de canções e arte de rua

A Argentina se tornou o primeiro país sul-americano a sediar o G20 e, a julgar pelo clima geral da cúpula, foi uma experiência positiva.

Polícia apenas se exibindo e procurando aleatoriamente material de protesto, porque eles estavam entediados

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала