Kremlin: cancelamento da reunião de Putin e Trump não contribui para relações bilaterais

© Sputnik / Kirill Kallinikov / Abrir o banco de imagensO pico do Kremlin e a bandeira russa na Praça Vermelha
O pico do Kremlin e a bandeira russa na Praça Vermelha - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O assessor do Kremlin, Yury Ushakov, declarou nesta sexta-feira (30) à Sputnik que o cancelamento do encontro do presidente dos EUA, Donald Trump, com o presidente russo, Vladimir Putin, não contribuiu para o desenvolvimento construtivo das relações bilaterais.

De acordo com ele, os dois líderes planejavam discutir o atual impasse nas relações entre os dois países durante o encontro.

Vladímir Putin e Recep Tayyip Erdogan - Sputnik Brasil
Após cancelamento de Trump, Putin usará tempo disponível no G20 para se reunir com Erdogan
"[O cancelamento da reunião de Putin e Trump] não ajuda a desenvolver relações construtivas. Isso é perturbador porque planejamos realizar uma discussão abrangente e discutir a estabilidade estratégica, dados os planos dos EUA de se retirarem do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário [INF]", afirmou.  

"Queríamos discutir conflitos regionais, incluindo o acordo sírio e a Coreia do Norte — tudo o que está atualmente na agenda. Queríamos discutir o impasse nas relações bilaterais", completou o assessor do Kremlin. 

O presidente norte-americano, Donald Trump, decidiu na última quinta-feira (29) cancelar uma reunião marcada com seu colega russo Vladimir Putin na cúpula do G20 na Argentina. O anúncio do presidente dos EUA aconteceu menos de uma hora depois que ele afirmou que era um "bom momento" para se encontrar com Putin, mas que tomaria uma decisão depois de receber um relatório completo sobre o incidente do Estreito de Kerch.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала