Rússia e Argentina podem expandir cooperação contra o terrorismo

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensPresidente da Argentina, Mauricio Macri, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, 23 de janeiro de 2018
Presidente da Argentina, Mauricio Macri, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, 23 de janeiro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Argentina e Rússia estão em conversações para aumentar a cooperação bilateral na luta contra o terrorismo, conforme declarou à Sputnik o ministro argentino Hernán Lombardi, do Sistema Federal de Mídia e Conteúdo Público.

"Nós sabemos que tanto os argentinos como os russos estão lutando contra o terrorismo. Estamos discutindo mais cooperação entre esses dois governos", disse Lombardi, que está atuando como coordenador da cúpula do G20, que acontece nesta sexta-feira e neste sábado em Buenos Aires.

O presidente russo, Vladimir Putin (à direita), e o presidente argentino, Mauricio Macri (à esquerda) se cumprimentam durante cerimônia de assinatura de um documento durante encontro entre ambos em Moscou, Rússia, em 23 de janeiro de 2018. - Sputnik Brasil
Putin na Argentina: Gazprom e YPF podem assinar acordo sobre campo de gás
Ainda de acordo com o ministro, além da questão mais específica do contraterrorismo, a Argentina também manifesta o desejo de cooperar mais intensamente com Moscou na área da segurança como um todo e também em outros campos, como os das indústrias digitais e agricultura. 

"Para nós, a exportação agrícola é importante. Consideramos a Rússia um grande mercado e um forte amigo da Argentina", destacou.

Criado em 1999, o G20, Grupo dos 20, funciona como um fórum de cooperação contra os desafios globais que conta com as 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. O grupo representa 85% da produção econômica global e 75% do comércio internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала