Alto funcionário francês é acusado de traição por suspeita de espionagem

© AFP 2022 / STRBenoît Quennedey, funcionário do Senado da França em foto de arquivo tirada em frente ao Panteão de Paris
Benoît Quennedey, funcionário do Senado da França em foto de arquivo tirada em frente ao Panteão de Paris - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um alto funcionário do Senado da França foi formalmente acusado de traição nesta quinta-feira por suspeitas de espionar para o governo da Coreia do Norte, segundo informou a mídia local.

Benoît Quennedey, que trabalhava como administrador da Direção de Arquitetura, Patrimônio e Jardins do Senado, foi detido na última segunda-feira, 26, por uma suposta tentativa de passar informações secretas para Pyongyang. 

"Uma operação policial sem precedentes ocorreu mais cedo no Senado: o alto funcionário Benoît Quennedey foi interrogado pela DGSI por 'inteligência com uma potência estrangeira', a Coréia do Norte."

O acusado foi posto sob controle judicial e está impedido de viajar para fora da França. Ele também foi afastado de suas funções na casa legislativa. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала