Finalmente em Marte: sonda da NASA capta primeiras FOTOS da superfície do Planeta Vermelho

CC BY 2.0 / Kevin Gill / Marte e o SolMarte e o Sol (imagem referencial)
Marte e o Sol (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No dia 26 de novembro, a sonda InSight da agência espacial norte-americana finalmente atingiu a superfície de Marte e enviou à Terra as primeiras imagens tiradas no Planeta Vermelho.

Depois de que os cientistas responsáveis por esta missão espacial confirmaram que a sonda aterrissou com êxito e com todos os aparelhos funcionando corretamente, a espaçonave conseguiu tirar e enviar a eles a primeira imagem da paisagem marciana.

​Minha primeira imagem em Marte! Minha tampa da lente ainda não foi tirada, mas gostaria de mostrar para você a primeira visão da minha nova casa.

Em seguida, a câmera instalada a bordo — no braço robótico — da sonda InSight capturou a segunda fotografia da superfície do Planeta Vermelho. Lá é também possível apreciar a mesma sonda. Segundo indicam especialistas da NASA, nessa foto a lente da câmera continua coberta por uma tampa transparente para evitar que partículas de poeira marciana prejudiquem o aparelho durante pouso.

© NASA . JPL-CaltechVista da superfície de Marte gravada pela sonda InSight da NASA
Vista da superfície de Marte gravada pela sonda InSight da NASA  - Sputnik Brasil
Vista da superfície de Marte gravada pela sonda InSight da NASA

"InSight pode provar se há ou não água em Marte, onde está e como atingi-la, entre outras informações que podemos conhecer", declarou o administrador do projeto, Jim Bridenstine, durante transmissão ao vivo do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA.

A agência lançou o módulo de pouso InSight em maio, uma espaçonave robô que analisará o exterior relativamente desconhecido do planeta, expandindo o conhecimento da NASA sobre o planeta e suas condições.

A impressão dum artista do asteróide que matou os dinossauros - Sputnik Brasil
Ameaça de fora: NASA adverte sobre aproximação de 2 asteroides enormes
A missão The InSight Project visa não só recolher fragmentos do solo marciano, mas também examinar as camadas internas de Marte para descobrir como planetas rochosos, assim como a Terra, foram formados.

Ao contrário dos robôs anteriores que pousaram em Marte, a sonda InSight permanecerá no mesmo lugar na superfície onde deslocará um sismógrafo para medir os chamados "Marsquakes" — sismos de Marte — uma broca especialmente desenvolvida para penetrar a uma profundidade de 3 a 5 metros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала