Mídia: avião militar dos EUA entrou no espaço aéreo sobre mar Negro

Nos siga noTelegram
Um avião de reconhecimento da Força Aérea dos Estados Unidos, Boeing RC-135V, levantou voo da base aérea da baía de Suda, Grécia, rumo às águas do mar Negro em meio ao agravamento das relações entre Moscou e Kiev devido ao incidente no mar Negro, comunicou nesta segunda-feira (26) um portal ucraniano.

"Um avião de reconhecimento dos EUA entrou nas águas do mar Negro. Às 7h50 [3h50 em Brasília], um avião de reconhecimento da Força Aérea dos EUA, Boeing RC-135V, designado BASTE41, levantou voo da base aérea da baía de Suda, da ilha grega de Creta, e se dirigiu às águas do mar Negro", lê-se no comunicado.

Às 8h30 (4h30 em Brasília), segundo o portal, o avião esteve no espaço aéreo búlgaro, movendo-se em direção à costa da Crimeia.

Embaixador da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, fala durante um encontro do Conselho de Segurança da ONU, em 18 de Abril de 2018. - Sputnik Brasil
'Provocação da Ucrânia': Rússia convoca reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU
Mais cedo, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) informou que os navios Berdyansk, Nikopol e Yana Kapu, da Marinha da Ucrânia, foram detidos por violarem a fronteira marítima russa.

Os navios ucranianos apreendidos não teriam respondido às exigências feitas pelos navios russos que os abordaram, além de terem realizado manobras perigosas, segundo o FSB. Também foi aberto um processo criminal para investigar a violação da fronteira da Rússia.

As Forças Armadas e o Serviço de Segurança da Ucrânia foram colocados em alerta de combate, segundo comunicou a assessoria do Ministério da Defesa do país. A ordem se baseia na decisão do Conselho Nacional de Segurança e Defesa da Ucrânia de impor a Lei Marcial no país por 60 dias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала