Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Imprensa publica VÍDEO sem igual de drones iranianos atacando terroristas na Síria

© Sputnik / Arash DorudiDrone de reconhecimento iraniano Fatrus
Drone de reconhecimento iraniano Fatrus - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Força Aeroespacial do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica iraniano divulgou um vídeo compilado de seus veículos aéreos não tripulados Shahed-129 combatendo terroristas do Daesh na Síria e Iraque, relatou o portal The Iranian.

A gravação compila várias missões realizadas por drones iranianos entre 2014 e 2017, ou seja, quando o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) controlava grande parte do território de ambos os países árabes, segundo a mídia

No vídeo dá para ver um drone voando, assim como possíveis gravações de sua câmera de pontaria a bordo destruindo instalações, veículos e equipamento de terroristas e eliminando os próprios criminosos.

A Força Aérea norte-americana destruiu ao menos dois drones Shahed-129 operados pela Síria após terem atingido forças apoiadas pelos EUA perto da base Al-Tanf no sul da Síria no ano passado. Segundo relatos, o Irã forneceu os drones à Síria em abril de 2014 para ajudar Damasco na luta contra os terroristas.

Mísseis iranianos exibidos durante uma parada por ocasião do Dia Nacional do Exército (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Irã garante que seus mísseis podem alcançar bases e navios americanos no Oriente Médio
Teerã desenvolveu o Shahed-129 no início de 2010, iniciando produção em 2012. Semelhante ao drone americano MQ-1 Predator em tamanho e características, o Shahed-129 tem um raio de combate de 1.700 km, velocidade de cruzeiro de 150 km/h e duração operacional de 24 horas sem intervalo.

O drone possui uma carga útil de 400 kg, podendo carregar mísseis guiados antitanque ou antipessoal.

Recentemente, o chefe da divisão aeroespacial do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Amir Ali Hajizadeh, afirmou que bases estadunidenses no Qatar, Emirados Árabes Unidos e Afeganistão estão dentro do alcance de mísseis iranianos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала