Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Caça de 4ª geração faz China 'esquecer' seu avançado caça J-20, diz especialista

CC BY 2.0 / mxiong / J-10Caça chinês J-10
Caça chinês J-10 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A China está utilizando uma estratégia muito interessante em relação à frota de caças furtivos e não furtivos, entre esses caças estão os J-20 e J-10.

Segundo o especialista David Axe, da revista The National Interest, a China estaria aproveitando o momento em que toda a atenção está voltada para os caças J-20 para melhorar e construir novas unidades do caça J-10.

Dos aviones Chengdu J-20 en el espectáculo aéreo anual Airshow China en Zhuhai - Sputnik Brasil
Novíssimo caça furtivo chinês J-20 faz raro aparecimento no céu (VÍDEO)
A Força Aérea chinesa conta com uma frota de dois escalões de caças furtivos e não furtivos. Compondo o grupo do primeiro escalão, está um dos caças mais avançados do mundo, o J-20. O "dragão poderoso", como é conhecido este caça chinês, foi projetado para evitar a detecção por radar. Além disso, agora a aeronave é capaz de realizar reabastecimento em voo.

Mesmo com todo esse destaque, a China está adquirindo cada vez mais caças convencionais de segundo escalão, como é o caso do caça J-10.

O J-10, por sua vez, é um caça multifuncional desenvolvido pelo Chengdu Aircraft Design Institute, ou Instituto 611, e construído pela Chengdu Aircraft Industry Corporation. Ao contrário do J-20, o J-10 é uma aeronave pequena, leve e simples.

Devido a essas características, ele é considerado um caça ligeiro pronto para operar em quaisquer condições atmosféricas, sendo o primeiro caça chinês que se aproxima dos caças ocidentais como, por exemplo, o F-16, tanto em termos de desempenho quanto por suas capacidades.

A aeronave chinesa é capaz de transportar bombas guiadas a laser, mísseis de ataque terrestre e antinavio, mísseis antirradiação, além de possuir um sistema de controle de voo digital fly-by-wire, HUD de grande ângulo, MFD colorido, dois MFD monocromáticos, provisão para mira no capacete e radar de varredura eletrônica ativa AESA que pode rastrear 10 alvos simultaneamente.

A versão mais atual dos J-10 está sendo equipada com armamentos de última geração, como o míssil de curto alcance PL-10 e o de longo alcance PL-15.

Durante o evento Airshow China 2018 foi possível notar que o gigante asiático está melhorando e apostando em seu caça ligeiro, já que incorporou um novo motor na aeronave que executou diversas manobras extremas durante o evento, demonstrando alta capacidade de manobra.

Além disso, acredita-se que a China estaria preparando outras modificações do J-10C, que poderiam tornar a aeronave apta a operar em porta-aviões. Essas modificações fazem parte do plano chinês de possuir uma poderosa força de caças de geração 4,5 ainda nesta década.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала