NASA detecta explosão magnética no lado escuro da Terra (FOTO, VÍDEO)

Nos siga noTelegram
Com a ajuda de quatro satélites do projeto espacial Missão Magnetosférica Multiescalar (Magnetospheric Multiscale Mission, MMS), a NASA conseguiu detectar um evento único que envolve a reconexão na "cauda" magnética da Terra, parte de magnetosfera que se encontra por trás do planeta.

Durante um longo período de tempo, a reconexão magnética continuava sendo um mistério para os cientistas. No entanto, segundo revela o artigo agora publicado na revista Science, se trata de um processo em que as partículas dispersas e a energia ao redor da Terra colidem, produzindo uma rápida, mas potente explosão.

© NASA . NASA/Goddard/Conceptual Image LabQuatro naves espaciais da NASA efetuando missão MMS (apresentação artística)
Quatro naves espaciais da NASA efetuando missão MMS (apresentação artística) - Sputnik Brasil
Quatro naves espaciais da NASA efetuando missão MMS (apresentação artística)

Vale destacar que é a primeira vez que os pesquisadores conseguiram observar este fenômeno no lado escuro de nosso planeta.

De acordo com os especialistas, o estudo dessa explosão permitirá entender melhor o fenômeno da reconexão magnética que todos os dias ocorre ao redor da Terra porque as linhas do campo magnético estão permanentemente se torcendo e reconectando.

"É importante porque, quanto mais percebermos e soubermos sobre estas reconexões, melhor nos podemos preparar para eventos extremos que são possíveis a partir das reconexões ao redor da Terra ou em qualquer parte do Universo", comentou Roy Torbert, investigador principal adjunto da MMS.

​Explosões magnéticas poderosas, em apenas uma fração de segundo podem lançar milhões de elétrons a velocidades supersônicas. A missão MMS da NASA tem estudado essas explosões e recentemente observou este evento no lado escuro da Terra, onde a luz do Sol não penetra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала