Kremlin: Rússia e Europa preocupadas com destino do Tratado INF

© Host photo agency / Abrir o banco de imagensDmitry Peskov, porta-voz do presidente russo
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou neste domingo que, assim como a Rússia, a Europa também demonstra preocupação com o futuro incerto do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF).

"Os europeus estão preocupados com a situação dos mísseis de médio e curto alcances. Nós também estamos preocupados", disse ele em entrevista ao canal de TV Rossiya 1.

Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, durante coletiva de imprensa (arquivo) - Sputnik Brasil
Moscou: EUA querem deixar INF para buscar dominação militar completa
No final do mês passado, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a intenção de o seu país deixar o acordo firmado há quase 31 anos com a Rússia, prevendo a eliminação de mísseis balísticos e de cruzeiro, nucleares ou convencionais, com alcance entre 500 e 5 500 quilômetros. De acordo com o líder norte-americano, Moscou estaria violando há anos os termos do tratado. 

Segundo Peskov, no momento, a situação não está clara para a Rússia, mas é preciso conversar muito sobre essa questão antes da tomada de qualquer atitude. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала