O que ajudaria Trump a evitar um impeachment?

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensPresidente dos EUA, Donald Trump, durante coletiva de imprensa com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, após a reunião em Helsinque, em 16 de julho de 2018
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante coletiva de imprensa com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, após a reunião em Helsinque, em 16 de julho de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A maioria republicana no Senado garante a Donald Trump que este não corre risco de impeachment, mas os democratas na Câmara dos Representantes dos EUA podem criar muitos problemas para as iniciativas da Casa Branca, disse o senador russo na quarta-feira (6).

"Os resultados preliminares das eleições nos EUA mostram que o país se dividiu em dois campos. No entanto, a maioria republicana no Senado permite a Trump evitar o impeachment", comunicou o vice-presidente do Comitê Internacional do Senado russo, Vladimir Dzhabarov.

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício de campanha no Aeroporto Regional de Columbia (COU), no estado norte-americano de Missouri, em 1 de novembro de 2018 - Sputnik Brasil
Eleições nos EUA: alto comparecimento às urnas pode prejudicar Trump
A possível vitória dos democratas nas eleições de meio de mandato para a Câmara dos Representantes "criará muitos problemas para a promoção das iniciativas da Casa Branca através do parlamento", acrescentou.

Independentemente das divergências no Congresso americano, o país continua a seguir o caminho das sanções contra a Rússia. "Voltaram a falar de mais sanções contra a Rússia mas isso não influenciará a política independente de Moscou. Não faremos quaisquer concessões em termos de proteger nossos interesses nacionais", falou o senador.

A mesma opinião é compartilhada pelo analista internacional Pablo Pardo, que afirmou que Trump pode ser sujeito ao impeachment se o Partido Democrata obtiver a maioria na Câmara como resultado das eleições de meio de mandato.

"Se os democratas vencerem de forma clara, é bem provável que tudo termine dentro de um ano ou um ano e meio em 'impeachment'", disse o jornalista, adicionando que, se isso de fato acontecer, haveria muitas investigações, principalmente referentes às finanças do presidente norte-americano e de seu retorno de imposto, gerando um grande escândalo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала