- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

JBS fecha acordo bilionário com Alibaba e avança com exportações para a China

© AP Photo / Ng Han GuanPoliciais marcham em frente a uma propaganda da China International Import Expo durante a abertura da feira de negócios em Xangai, China.
Policiais marcham em frente a uma propaganda da China International Import Expo durante a abertura da feira de negócios em Xangai, China. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na terça-feira (6), a JBS fechou acordo com o grupo chinês Alibaba para a exportação de carne para a China. A transação foi acertada durante a China International Import Expo, feira de negócios que ocorre em Xangai. Durante o evento a JBS foi a única empresa da América do Sul a participar de reunião fechada com o presidente chinês, Xi Jinping.

O acordo foi fechado através da subsidiária da gigante chinesa Alibaba, a Win Chain, e prevê exportações para os próximos três anos. Os valores do negócio são de R$ 5,5 bilhões de dólares, segundo divulgado pelo jornal Valor Econômico.

O embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang (à esquerda) e o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (à direita). - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Tensão entre Bolsonaro e China ficou para trás?
Segundo estimativas, a JBS acumula anualmente mais de R$ 20 bilhões em exportações a partir do Brasil. A empresa conta com seis frigoríficos em território brasileiro autorizados a exportar para a China.

Em entrevista à Sputnik Brasil na terça-feira (6), o secretário-executivo do Conselho Empresarial Brasil-China, Roberto Fendt, afirmou que o mercado entre os dois países deve seguir em expansão. Fendt apontou que os negócios fechados durante a China International Import Expo serão um termômetro do que se pode esperar na relação entre os países nos próximos anos.

A JBS foi um dos destaques da feira este ano. Durante o evento, o presidente da divisão de carnes da empresa, Renato Costa, chegou a participar de um encontro privado com o presidente da China, Xi Jinping. A JBS foi a única empresa sul-americana a participar da reunião, que teve a participação de outros 21 CEOs de todo o mundo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала