Moscou: sanções dos EUA contra Irã são 'absolutamente ilegítimas'

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin e Ministério das Relações Exteriores da Rússia
Vista do Kremlin e Ministério das Relações Exteriores da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou nesta terça-feira (6) que as sanções impostas pelos EUA ao Irã são ilegítimas, acrescentando que tais medidas contradizem as decisões do Conselho de Segurança da ONU.

"Quanto às medidas dos EUA contra o Irã, elas são absolutamente ilegítimas, uma violação flagrante das decisões do Conselho de Segurança da ONU, e as formas pelas quais essas medidas são anunciadas e implementadas, é claro, causam profunda decepção", declarou Lavrov.

As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã - Sputnik Brasil
EUA atingem Irã com novas sanções: saiba tudo sobre o mais recente pacote de restrições
O ministro das Relações Exteriores russo destacou que foram violadas não apenas do direito internacional, mas também da comunicação internacional.

Lavrov também afirmou que é inadmissível seguir uma política baseada em ultimatos.

"Nesta época, ultimatos e demandas unilaterais não podem determinar qualquer política externa", disse o ministro das Relações Exteriores da Rússia.

O governo do presidente Donald Trump voltou a adotar sanções contra o Irã, ao abandonar o acordo nuclear de 2015 firmado entre o Irã, os Estados Unidos e cinco outras potências: Grã-Bretanha, França, Alemanha, China e Rússia.

As sanções atingiram as exportações de petróleo, transportes e setor bancário do país persa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала