Eleições nos EUA: alto comparecimento às urnas pode prejudicar Trump

© REUTERS / CARLOS BARRIAPresidente dos EUA, Donald Trump, durante comício de campanha no Aeroporto Regional de Columbia (COU), no estado norte-americano de Missouri, em 1 de novembro de 2018
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício de campanha no Aeroporto Regional de Columbia (COU), no estado norte-americano de Missouri, em 1 de novembro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O comparecimento dos eleitores norte-americanos às urnas no dia das eleições legislativas tem sido muito alto nos distritos alvo dos democratas para obter maioria no Congresso dos EUA.

A informação foi emitida à Sputnik pelo especialista em pesquisas de intenções de voto, John Zogby, nesta terça-feira (6).

"Há uma alta participação em todos os lugares que os democratas precisam vencer", disse o pesquisador, que lidera a empresa de pesquisas John Zogby Strategies.

Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante uma sessão da Assembleia Geral, em Nova York, em 26 de setembro de 2018 - Sputnik Brasil
Eleições legislativas nos EUA ameaçam domínio de Trump no Congresso
Ele ainda ressaltou que tradicionalmente, o alto comparecimento dos eleitores beneficia o Partido Democrata.

Zogby disse que vários indicadores apontam para uma alta no número de eleitores nas eleições deste ano, incluindo o fato de que cerca de 40 milhões de pessoas votaram antecipadamente antes do dia da eleição.

O pesquisador acredita que os democratas e os republicanos não conseguirão encontrar um terreno para consenso após a eleição.

"As duas partes não se unirão. Ponto", disse Zogby após ser questionado se os dois rivais políticos devem cooperar caso os democratas conquistem maioria na Câmara e os republicanos mantenham o controle sobre o Senado.

Ele sugeriu que essa situação levaria ambas as partes a iniciar investigações umas contra as outras.

"Os democratas querem sangue, assim como os republicanos querem sangue", disse Zogby.

Mas o impasse no Congresso poderia trazer alguns benefícios para o presidente Donald Trump a longo prazo antes da próxima eleição presidencial, disse Zogby.

"Acho que será melhor para ele se os democratas vencerem. Isso dá a ele uma chance de concorrer contra eles. O presidente está pessoalmente em sua melhor forma enquanto concorre contra alguém que está tenta impedir a ele e sua agenda", acrescentou Zogby.

Essa situação daria a Trump uma oportunidade para lançar uma campanha de reeleição que o colocaria "como uma vítima de uma antiga rede" que governou os Estados Unidos por um longo tempo, explicou o pesquisador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала