Israel fala sobre contatos com militares russos após incidente com avião Il-20 na Síria

© REUTERS / Baz RatnerMilitares israelenses na Síria
Militares israelenses na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares russos e israelenses continuam mantendo contato mesmo após o incidente com o avião russo Il-20, derrubado na Síria em 17 de setembro.

O diretor-geral adjunto do Departamento da Eurásia da Chancelaria de Israel, Alexander Ben-Zvi, afirmou o seguinte:

"Os contatos entre os militares de Israel e da Federação da Rússia continuam; nosso mecanismo de prevenção de conflitos segue funcionando".

"Após o incidente com o avião [russo Il-20] continuamos trabalhando com a Rússia. Não se pode dizer que devemos ignorá-lo. Mas nossas relações são muito mais desenvolvidas para que isso [o incidente] ponha fim a nossas reuniões", adicionou.

Em 17 de setembro, um míssil S-200 do sistema de defesa antiaérea sírio abateu um avião russo Il-20 que estava regressando para a base de Hmeymim. Ao mesmo tempo, quatro caças israelenses F-16 atacaram instalações sírias em Latakia.

Sistema S-300 lança míssel - Sputnik Brasil
Israel se assusta com chegada dos S-300 russos na Síria, relata mídia
Segundo o Ministério da Defesa russo, os pilotos israelenses usaram o avião russo como cobertura, deixando-o sujeito a fogo do sistema antiaéreo sírio. Do incidente resultou a morte de 15 militares russos.

A Defesa russa disse que a parte israelense não a tinha avisado sobre a operação planejada na Síria e que a responsabilidade pela derrubada do avião é totalmente de Tel Aviv.

Israel refutou as acusações de seus aviões usando o avião russo como escudo e sustenta que Moscou foi avisada sobre o ataque aéreo em tempo hábil.

O presidente da Rússia Vladimir Putin, por sua vez, qualificou o ocorrido como "uma sequência de circunstâncias trágicas".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала