França emite mandado de detenção de 3 altos funcionários dos serviços secretos sírios

© Sputnik / Mikhail Voskresenskiy / Abrir o banco de imagensUma visão da Montanha Qasioun em Damasco
Uma visão da Montanha Qasioun em Damasco - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Poucos dias atrás, um tribunal francês emitiu um mandado internacional de detenção de três representantes de alto escalão dos serviços secretos sírios, comunicou nesta segunda-feira (5) o jornal Le Monde.

Os altos funcionários foram acusados de tomar parte de torturas, crimes contra a humanidade, bem como de crimes de guerra, detalhou o jornal.

Rescaldo de ataques de artilharia em Al-Qusur, um bairro na cidade síria de Deir ez-Zor. - Sputnik Brasil
Ao menos 15 civis são mortos em ataque da coalizão liderada pelos EUA na Síria
De acordo com a edição, os sírios são acusados de "cumplicidade em atos de tortura, em desaparecimentos forçados, em crimes contra a humanidade e crimes de guerra".

Segundo o jornal, entre os acusados pelas autoridades francesas está Ali Mamlouk, atual diretor do Bureau de Segurança Nacional da Síria, Jamil Hassan, chefe dos serviços de inteligência da Força Aérea, e Abdel Salam Mahmoud, chefe do Departamento de Investigação dos referidos serviços.

As autoridades sírias ainda não comentaram essas informações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала