- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Oficial palestino: Brasil aderiu à 'aliança negativa' ao mudar embaixada para Jerusalém

© AP Photo / Craig RuttleA bandeira palestina tremula sobre o Jardim das Rosas, na sede das Nações Unidas.
A bandeira palestina tremula sobre o Jardim das Rosas, na sede das Nações Unidas. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um alto funcionário palestino condenou nesta sexta-feira o anúncio do presidente eleito de direita Jair Bolsonaro (PSL) de transferir a embaixada de Israel de seu país para Jerusalém.

"Esses são passos provocativos e ilegais que só desestabilizarão a segurança e a estabilidade na região", disse Hanan Ashrawi, membro do comitê executivo da Organização de Libertação da Palestina, à Agência AFP.

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência do Brasil, ao votar no primeiro turno das eleições, em 7 de outubro de 2018 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Bolsonaro confirma transferência de embaixada brasileira para Jerusalém, diz jornal

Os Estados Unidos transferiram sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém em maio, provocando fúria entre os palestinos, que consideram a parte leste da cidade, anexada por Israel, a capital do seu futuro Estado.

"É muito lamentável que o Brasil tenha aderido a essa aliança negativa contra o direito internacional", declarou Ashrawi.

Na quinta-feira, Bolsonaro escreveu no Twitter que "como afirmamos anteriormente durante nossa campanha, pretendemos transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém".

"Israel é um Estado soberano e nós devemos respeitar isso", pontuou.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, considerou o movimento "histórico".

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
'Passo histórico e correto', diz Netanyahu sobre mudança de embaixada brasileira

Somente os Estados Unidos e a Guatemala têm atualmente suas embaixadas em Jerusalém, enquanto outros países têm as suas em Tel Aviv.

Israel ocupou o leste árabe de Jerusalém na Guerra dos Seis Dias de 1967 e depois anexou-o em um movimento nunca reconhecido pela comunidade internacional. Hoje, Tel Aviv vê toda a cidade como sua capital.

Durante décadas, a comunidade internacional sustentou que o status da cidade deveria ser negociado entre Israel e os palestinos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала