Mistério das pirâmides egípcias é desvendado de uma vez por todas

© AP Photo / Hassan AmmarSilhuetas de policiais em frente à Grande Pirâmide do Egito (foto de arquivo)
Silhuetas de policiais em frente à Grande Pirâmide do Egito (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de cientistas do Instituto Francês de Arqueologia Oriental (IFAO), situado em Cairo, e a Universidade de Liverpool, na Inglaterra, detectou um aparelho alegadamente usado pelos egípcios antigos para construírem pirâmides, comunica a mídia.

Foi em uma das pedreiras próxima a Luxor, onde os egípcios exploravam alabastro, que os arqueólogos encontraram os vestígios da rampa que poderia ter sido usada para levantar grandes cargas, comunica a edição Science Alert.

Salão de festas do faraó Ramsés II descoberto no Egito - Sputnik Brasil
Salão de festas do faraó Ramsés II é descoberto no Egito (FOTOS)
A idade aproximada do achado é de aproximadamente 4.500 anos.

No centro da construção se situava uma plataforma inclinada, cujos ambos os lados possuíam escadas e aberturas. Nas aberturas podiam-se encaixar colunas de madeira, em torno das quais se enrolavam as cordas. Posteriormente, os blocos, que pesavam muitas toneladas, fixavam-se em um "trenó" de madeira. Depois disso, os construtores puxavam as cordas e deslocavam os blocos pela plataforma com um ângulo de 20 graus.

Anteriormente, os cientistas já pressupunham a existência de tais construções, porém, esta é a primeira vez que uma delas é de fato detectada.

As pirâmides egípcias são consideradas umas das construções de pedra mais antigas no mundo. A maior parte delas foi projetada como tumbas para faraós.

Já as pirâmides mais conhecidas ficam nos arredores de Cairo, em Gizé. A maior delas é a Pirâmide de Quéops — a única das sete maravilhas do mundo que restou no planeta até agora.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала