Novo armamento russo é capaz de 'paralisar completamente sistemas de comunicação da OTAN'

© Sputnik / Aleksei Vitvitsky / Abrir o banco de imagensCúpula da OTAN em Varsóvia
Cúpula da OTAN em Varsóvia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os novíssimos complexos de guerra eletrônica Samarkand podem paralisar completamente os sistemas de comunicação da OTAN, assegurou o diretor do Museu das Tropas de Defesa Antiaérea da Rússia, Yuri Knutov.

Em um comentário para a TV Zvezda, o militar opinou que, graças a estes complexos, os militares russos serão capazes de "conter a agressão da Aliança [Atlântica]" com menores custos.

Satélite no espaço (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Americanos 'inventam bobagens' sobre 'armas espaciais' da Rússia, diz cientista político
"Estes armamentos de guerra eletrônica foram testados na Síria, eles mostraram sua alta eficiência tanto contra drones, quanto contra mísseis de cruzeiro e, consequentemente, contra aviões com Sistema Aéreo de Alerta e Controle, AWACS, de produção americana", acrescentou.

Na opinião de Knutov, os EUA "estão se preparando para uma guerra real com a Rússia desde os anos 2000".

"Na época, se tratava de teoria, mas agora começam a prática", frisou ele, se referindo aos numerosos exercícios realizados pela OTAN, inclusive nas proximidades das fronteiras russas.

O principal objetivo dos sistemas Samarkand, que entraram em serviço da Frota do Norte da Rússia no ano passado, é criar interferências eletromagnéticas e bloquear as comunicações do inimigo. Este armamento é usado em todos os navios da superfície, inclusive cruzadores e torpedeiros.

Até novembro de 2019, o Ministério da Defesa da Rússia planeja instalar 13 complexos desse tipo em várias regiões russas por todo o país, bem como na Bielorrússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала