EUA pretendem gastar US$ 40 milhões para combater 'propaganda' russa, chinesa e iraniana

© AP Photo / J. Scott ApplewhiteEdifício do Departamento de Estado dos EUA em Washington
Edifício do Departamento de Estado dos EUA em Washington - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
EUA pretendem investir US$ 40 milhões para combater desinformação e propaganda estrangeira, inclusive da Rússia, China e Irã, declarou aos jornalistas nesta terça-feira o representante do Departamento de Estado, Robert Palladino.

"No final de setembro, Global Engagement Center (Centro de Engajamento Global, em inglês) repassou 40 milhões para apoio a iniciativas de combate à desinformação e propaganda divulgadas por outros Estados. Esse financiamento reforçará outros esforços no combate à desinformação russa, iraniana e chinesa, voltada para público internacional", disse o oficial norte-americano. 

Militantes do grupo terrorista Daesh (proibida na Rússia) no Afeganistão - Sputnik Brasil
Pentágono chama de propaganda avisos russos sobre ameaça do Daesh na Ásia Central
Palladino acrescentou que essa iniciativa contempla a implementação de tecnologias de "aviso antecipado sobre desinformação estrangeira", bem como a análise da desinformação publicada e o desenvolvimento dos laços com imprensa locar, de modo a "aprofundar essa desinformação". 

Washington acusou a Rússia, em diversas ocasiões, de ter interferido nas eleições norte-americanas por meio de manipulação de informações na internet e de sua "máquina de propaganda". Moscou classifica essas acusações de infundadas e aponta para o fato dos EUA nunca terem reforçado as suas declarações com provas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала