Líbano pede ajuda internacional para encorajar refugiados a retornarem à Síria

© ACNURS_MalkawiRefugiados sírios no Líbano
Refugiados sírios no Líbano - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu ajuda da comunidade internacional para convencer os refugiados sírios que estão em seu país a retornarem para a Síria, segundo informou a mídia local nesta sexta-feira.

"A grande maioria dos sírios desalojados deixou suas áreas à força por causa dos combates que estavam acontecendo… E, obviamente, com a cessação dos confrontos militares, eles podem retornar à sua pátria", disse Aoun em uma reunião com autoridades francesas em Beirute, conforme citado pela Agência Nacional de Notícias do Líbano (NNA).

Refugiados sírios durante evacuação de Aleppo. - Sputnik Brasil
Mais de 100 pessoas retornam para a Síria do Líbano

O líder libanês destacou que aqueles refugiados sírios que já retornaram ao seu país não relataram nenhum caso de abuso contra eles. De acordo com ele, Beirute estava apenas aguardando que a situação política no país vizinho melhorasse para enviar os refugiados de volta. 

O Líbano, cuja população é de pouco mais de seis milhões de pessoas, recebeu cerca de um milhão de refugiados sírios ao longo do conflito no país vizinho, segundo várias estimativas. Beirute tem trabalhado com Moscou e Damasco para facilitar o retorno dos refugiados sírios à sua terra natal.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала