Política hipócrita: especialista comenta ataques de drones à base russa na Síria

© Sputnik / Dmitry Vinogradov / Abrir o banco de imagensO sistema da defesa antiaérea S-400 instalado na base militar russa Hmeymim, na Síria
O sistema da defesa antiaérea S-400 instalado na base militar russa Hmeymim, na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Considerando o comportamento dos EUA na Síria e as capacidades dos sistemas de defesa antiaérea russos, não pode haver dúvidas nenhumas: a Defesa russa tem dados exatos e fidedignos sobre o recente ataque de drones contra a base área russa de Hmeymim, na Síria, assegura o especialista militar.

Há pouco, o vice-ministro da Defesa russo, Aleksandr Fomin, declarou que um avião de reconhecimento dos EUA coordenou o ataque maciço de drones à base aérea russa de Hmeymim na Síria.

Sistemas de mísseis antiaéreos S-300 - Sputnik Brasil
Como entrega dos S-300 russos à Síria altera balanço de forças no Oriente Médio?
Segundo o vice-ministro, foi um Poseidon americano "com equipamento moderno" que efetuou o controle dos drones naquele caso.

A comentar o incidente em entrevista ao canal RT, o diretor de pesquisas político-militares da Universidade de Relações Internacionais de Moscou, Aleksei Podberezkin, condenou o comportamento dos EUA na Síria, sublinhando também as capacidades dos sistemas de defesa antiaérea russos deslocados na região.

"Do ponto de vista técnico-militar, não pode haver dúvidas nenhumas, pois os meios de guerra eletrônica posicionados na Síria, especialmente os ligados aos complexos de mísseis S-300 e S-400, são absolutamente seguros e é garantido que são capazes de determinar os parâmetros da confrontação aérea […]", declarou.

Aparato aéreo não tripulado (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Drones capturados de terroristas na Síria estão 'à exposição' na Rússia (FOTOS)
Em particular, o especialista ressaltou que a Rússia "tem o controle total da situação", adicionando que as tecnologias avançadas do país permitem "dizer com um minuto de precisão […] em que ponto se encontrava esse ou aquele objeto militar e como agiu".

Ao falar sobre as ações dos EUA na Síria, o especialista militar descreveu sua política como "hipócrita", especialmente quando se trata do Daesh (organização terrorista proibida em vários países, incluindo a Rússia).

"Eles negam estar ligados com o Daesh, mas, de fato, estão apoiando outros grupos que fazem parte dele. Ajudam não só financeiramente, mas também com armas e novíssimos meios técnicos. Qualquer atividade antigovernamental baseia-se em apoio [estrangeiro] tecnologicamente avançado. Isso não é nenhuma novidade: sem a ajuda externa dos EUA, os grupos armados da chamada oposição não se aguentariam nem uma semana".

Os terroristas na Síria recorrem com frequência a veículos voadores não tripulados na hora de lançar ataques, incluindo à base russa de Hmeymim. Apenas em agosto deste ano, os sistemas de defesa antiaérea da base derrubaram 47 drones.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала