Diretora da CIA viaja para a Turquia para investigar morte de Khashoggi

Nos siga noTelegram
A diretora da Agência Central de Inteligência (CIA), Gina Haspel, está viajando para a Turquia como parte da investigação sobre a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi, informou a mídia dos EUA.

Haspel estava programado para viajar na segunda-feira como parte de uma investigação conduzida pelo governo dos EUA sobre o que aconteceu com Khashoggi, depois que Riad admitiu que o jornalista foi morto dentro do consulado da Arábia Saudita na cidade turca de Istambul, de acordo com o canal NBC News, citando funcionários da inteligência de Washington.

Jamal Khashoggi - Sputnik Brasil
Alemanha deve suspender toda exportação de armas para Arábia Saudita, diz aliado de Merkel
Khashoggi, que trabalhava para o jornal The Washington Post como colunista e é conhecido por suas críticas às autoridades sauditas, desapareceu em Istambul em 2 de outubro, depois que ele entrou no consulado saudita e nunca mais saiu. O incidente causou protestos na Turquia, assim como em muitos países ocidentais.

Após negar qualquer conhecimento sobre o paradeiro de Khashoggi por duas semanas, a Arábia Saudita admitiu na sexta-feira que o jornalista morreu em uma briga dentro de seu consulado. Riyadh também disse que 18 pessoas foram presas por envolvimento no incidente. A Turquia está conduzindo uma investigação separada sobre a morte do jornalista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала